domingo, 15 de julho de 2018

PHOTOGRAPHEIN APRESENTA: A ARTE COMO RESISTÊNCIA EM ESPAÇOS DE CONFLITO COM CARINA NEVES

O PhotoGraphein – Núcleo de Pesquisa em Fotografia e Educação (UFPel/CNPq), no dia 4 de julho de 2018, organizou a palestra: “A Arte como Resistência em Espaços de Conflito”, apresentada por Carina Neves, bacharel em Artes Visuais (UFPel) e acadêmica do curso de Artes Visuais – Licenciatura (UFPel), que compartilhou com o público a sua experiência numa missão humanitária, realizada através do Ecumennical Accompaniment Programme in Palestine and Israel (Programa de Acompanhamento Ecumênico na Palestina e em Israel), vinculado ao Conselho Mundial de Igrejas, em 2017.



Além da participação dos alunos da Universidade, bem como da comunidade em geral, estiveram presentes no evento também algumas turmas da EMEF Felix da Cunha, situada próxima ao Centro de Artes da UFPel. Carina falou sobre o conflito, as experiência na ação humanitária e também sobre os grafites de diversos artistas que estão presentes no espaço da Palestina e Israel. 






FOTOGRAFIA COM PIPOCA APRESENTA: SAVING BANKSY




Na terça-feira dia 19 de junho de 2018, o Fotografia com Pipoca deu continuidade aos ciclos de cinema e debates com o documentário Saving Banksy dirigido por Colin Day. O documentário conduz a discussão sobre a retirada de graffitis de Banksy do espaço público e levadas para o âmbito privado, Lançado em janeiro de 2017 nos Estados Unidos, o audiovisual dá atenção especial à passagem do graffiti writer por São Francisco, onde deixou muitas das suas obras.
O filme foi debatido pela Professora Doutora Cláudia Mariza Mattos Brandão. Em sua fala demonstrou o potencial que a arte de rua possui, promovendo reflexões sobre a apropriação cultural ao mostrar obras de Banksy, o principal artista de rua do mundo, sendo apoderadas e vendidas em leilões de arte.




PHOTOGRAPHEIN NA SEMANA ACADÊMICA DE ARTES VISUAIS "A PALAVRA CHAMA!"




Dia 24 de maio o PhotoGraphein participou da Semana Acadêmica do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Pelotas intitulado "A Palavra Chama!" com as oficinas de foto-livro e pesquisa autobiográfica, visando o crescimento do repertório artístico e acadêmico dos participantes.

A oficina de foto-livro  teve como base a construção de um Foto-Livro com reflexões acerca do conceito da "Chama da Vela" do filósofo Gaston Bachelard. Foi ptoposto aos inscritos um momento de pausa, escrita de ideias à partir da observação da chama de uma vela. Após a escrita, os participantes produziram fotografias que sintetizaram as ideias escritas por cada um. As fotografias impressas e o próprio coletivo fez a organização/ordenação das imagens no Foto-Livro. Mediaram a oficina os bolsistas Guilherme Susin SIrtoli e Dhara Fernandes Nunes Carrara.

(Anotações de devaneios instigados pela chama da vela)
  
(Participantes e mediadores selecionam as imagens para o Foto-Livro)

A oficina sobre pesquisa autobiográfica teve como base as discussões trazidas pelo bolsista Ítalo Franco apresentadas em seu trabalho de conclusão de curso intitulado "A Jornada do Herói: Uma metáfora Possível para a Formação Docente" onde compara sua formação como futuro docente às etapas da jornada mítica do herói. Como proposta, os participantes deveriam criar uma narrativa visual pensando nesta similaridade entre vida e mito.

 (Apresentação da Jornada do Herói e suas similaridades com a Formação Docente)

 (Participantes da oficina criando suas narrativas visuais)

(Narrativa criada pela participante Mairin)

quarta-feira, 23 de maio de 2018

FOTOGRAFIA COM PIPOCA - SEGUNDA EDIÇÃO

(poster de divulgação do evento)

Nesta terça feira o Fotografia com Pipoca abriu mais uma edição de seu ciclo de cinema e debates com o filme Nascidos em Bordéis (Born into Brothels) dirigido por Zana Briski e Ross Kauffman. O documentário, vencedor do Oscar de 2005 por sua categoria, conta sobre a fotógrafa Zana Briski que ao conhecer o bairro de prostituição da cidade de Calcutá, se compadece da precária condição de suas crianças e as ensina a fotografar, revelando talentos e possibilidades onde antes só existia miséria.

O filme foi debatido pelo Professor Doutor Cláudio Tarouco de Azevedo. Em sua fala demonstrou o potencial que a arte possui para causar transformações na vida das pessoas, assim como o papel do artista e do professor em propor experiências que podem mudar a perspectiva de vida e deixar marcas naqueles que estão abertos a vivê-las.

 (participantes da abertura do seminário)




terça-feira, 15 de maio de 2018

PHOTOGRAPHEIN NO SCRATCH DAY - PELOTAS!


No dia 12 de Maio o Photographein participou do Scratch Day em Pelotas. O evento de escala global reuniu a comunidade escolar pública, a comunidade acadêmica e profissionais da tecnologia e artistas locais e promoveu um dia de atividades que celebram os chamados "4 Ps da aprendizagem criativa" que seriam "Projeto, Pares, Paixão e Play".

(Imagem promocional da oficina feita pelos organizadores do evento)

A Oficina de Arte Postal foi oferecida para crianças de diferentes faixas etárias participantes do evento e ministrado pelos acadêmicos Ítalo Franco e Vanessa Cristina Dias no turno da manhã e Guilherme Susin Sirtoli e Dhara Nunes Carrara no turno da tarde, com orientação da professora Cláudia Mariza Mattos Brandão. Tinha como objetivo a confecção de cartões postais como linguagem artística, promovendo uma arte de trânsito que pode percorrer diferentes locais aos quais é recebida (casas, galerias, museus, etc). 

 (Acadêmicos Guilherme e Dhara durante a oficina no turno da tarde)

 (Acadêmicos Ítalo e Vanessa durante a oficina no turno da manhã)

 (Um dos trabalhos realizados durante a oficina)

(Alunas participando da oficina de arte postal)


segunda-feira, 23 de abril de 2018

LIVRO "PHOTOGRAPHEIN NA FRONTEIRA" NOS 70 ANOS DO MASC!




O PhotoGraphein está participando dos 70 anos do Museu de Arte de Santa Catarina em parceria com a Editora Caseira. Disponibilizamos para exibição o livro multiplataforma PhotoGraphein na Fronteira, resultado das reflexões durante a viagem do grupo de pesquisa pela fronteira Brasil x Uruguai junto ao projeto Para-Formal na Fronteira. Foi lançado durante a exposição de mesmo nome em formato físico e em e-book, com os registros de tal imersão [para saber mais clique aqui]. 

- Para acessar o livro em formato e-book clique aqui!

- Aproveite e conheça o trabalho da Editora Caseira clicando aqui!

"A exposição terá o caráter de um mundo como armazém, todas as obras serão expostas com seus preços e nos dias 08 e 09 de junho a 16ª edição finalizará com um encontro entre artistas/coletivos/editoras e público, onde todos os trabalhos estarão disponíveis para serem vendidos em uma feira de arte de obras que sejam múltiplos, como: publicações de artista, livros de artista, cadernos de artista, cadernos de desenho, diários de artista, diários de bordo, postais, panfletos, cartazes, gravuras, fanzines, lambe-lambes, stickers, cartões, carimbos, objetos, etc; ou seja, trabalhos que tenham tiragens, de pequenas e grandes edições. Nos mesmos dias da feira também será realizado um Seminário Nacional sobre o tema múltiplo e publicação de artista, em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UDESC".


                      
Registro do livro em exposição nos 70 anos do MASC

- Para acessar o livro em formato e-book clique aqui!

- Aproveite e conheça o trabalho da Editora Caseira clicando aqui!

quinta-feira, 19 de abril de 2018

PhotoGraphein no I Congresso Internacional de Pesquisa em Cultura e Sociedade

Entre os dias 17 a 19 de abril ocorreu na Universidade Federal de Pelotas a primeira edição do Congresso Internacional de Pesquisa em Cultura e Sociedade, quando foi apresentada pesquisa fomentada no PhotoGraphein - Núcleo de Pesquisa em Fotografia e Educação (UFPel/CNPq). Orientada pela professora e coordenadora do grupo Cláudia Mariza Mattos Brandão, a acadêmica Vanessa Cristina Dias apresentou no Simpósio Temático de Iniciação Científica a pesquisa intitulada A IMAGEM FEMININA ATRAVÉS DAS FOTOGRAFIAS DE NAN GOLDIN E FRANCESCA WOODMAN, abordando obras de duas artistas mulheres, fotógrafas, a fim de problematizar o enquadramento histórico de representação da imagem feminina a partir de “moldes” social e discutir uma possível estética feminista.


I Congresso Internacional de Pesquisa em Cultura e Sociedade



(Acadêmica Vanessa Cristina Dias)



(Acadêmica Vanessa Cristina Dias)